Ministro confirma marginais entre Caçapava e Jacareí na Via Dutra

Em encontro na Fiesp para debater a nova concessão, Tarcísio Freitas, ministro da Infraestrutura, confirmou que a Dutra terá pistas marginais em todo o trecho entre Caçapava e Jacareí, como reivindicavam prefeitos do Vale

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, confirmou que a Via Dutra terá pistas marginais em todo o trecho entre Caçapava e Jacareí, como reivindicavam prefeitos da RMVale, entre eles Felicio Ramuth (PSDB), de São José dos Campos.

Em encontro na Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) na manhã desta quinta-feira, para debater a nova concessão, Tarcísio disse que os pedidos feitos por São José dos Campos serão contemplados no edital do novo contrato. A atual concessão vence em 2021.

“Tudo o que a cidade colocou [no pedido] já está contemplado, as marginais foram corrigidas e teremos as marginais completas. Retiramos as marginais que estavam erradas. Tudo foi resolvido”, disse o ministro à representante da cidade, que participou do evento.

No modelo de concessão apresentado em audiências públicas pelo governo, a Dutra teria marginais entre Taubaté e São José, mas não em todo o trecho entre Caçapava e Jacareí, como pediam os prefeitos.

A proposta provocou críticas na região e uma mobilização, liderada por Felicio, para tentar mudar o projeto original. O tucano participou de todas as audiências públicas promovidas pela ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) e defendeu o aumento das pistas marginais no Vale.

Em vídeo nas redes sociais, Felicio comemorou a decisão.

“Recebemos uma grande notícia para a nossa cidade e região. O ministro [Tarcísio] confirmou que será alterado o novo edital de concessão da Dutra incluindo todas as marginais, de Jacareí a Caçapava”, disse Felicio. “São José finalmente terá suas marginais”.

E completou: “Isso é um trabalho fruto dos nossos técnicos, também dos técnicos que estão estudando a nova concessão e tenho certeza que irão estudar cada pleito de cada cidade, e que for pertinente será atendido.”

Governo federal deseja realizar leilão da nova concessão da rodovia ainda em 2020

EDITAL. Atualmente, técnicos da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) revisam as sugestões e pedidos de mudanças feitos durantes as audiências públicas sobre a nova concessão da Dutra.

Um documento final com todas as alterações deve ser divulgado nas próximas semanas. O governo prevê realizar o leilão da nova operado da rodovia no segundo semestre de 2020. Em nota, a ANTT explicou que as propostas de modelagem da nova concessão, “podem sofrer mudanças após as audiências e a consulta pública”.

“Todas as sugestões serão avaliadas e respondidas pela equipe técnica da agência, podendo ou não ser incorporadas à proposta definitiva da nova concessão da Via Dutra”, informou a agência.

Fonte: Jornal Ovale / Xandu Alves