> Notícias

Solução para o Esplanada será pensada ‘caso a caso’, diz Felicio

Moradores ligados à SAB, favoráveis à manutenção do perfil residencial do bairro, enfrentam oposição de quem defende abertura para comércio. Caso volta a ser debatido com o Plano Diretor e o novo zoneamento

A batalha envolvendo moradores do Jardim Esplanada, contrários ou favoráveis à abertura comercial do bairro da região central de São José dos Campos, ganha novo capítulo durante os debates do Plano Diretor neste segundo semestre e da nova Lei de Zoneamento, em 2018. Moradores ligados à SAB (Sociedade Amigos de Bairro), favoráveis à manutenção do perfil residencial do bairro, enfrentam oposição dos membros da Ares (Associação para Revitalização do Esplanada), que defendem a abertura das ruas para a instalação de comércio.

O prefeito Felicio Ramuth (PSDB) defendeu ontem, no seminário ‘Seminário URB SJC’, que esse impasse seja resolvido pontualmente. Ou seja, que cada rua do bairro tenha seu caso estudado pela equipe técnica da Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade.

“No Esplanada, a gente vê uma divisão, mas ao mesmo tempo percebe que há áreas já impactadas por lá. O que temos que fazer é ser claro nas discussões e achar o caminho que a sociedade deseja, disse Felicio.

“A gente sabe que está bem dividido. Não tenho dúvida que é possível chegar a um consenso. Em frente ao Poliedro, temos um lado residencial, mas é uma rua já impactada. Ali, pode-se pensar em uma solução pontual. A gente pode trabalhar, sim, com as questões pontuais”, completou o prefeito de São José.

 

Fonte: Jornal O Vale / São José dos Campos

Rua Padre Rodolfo nº 196 Vila Ema - SJCampos - SP CEP : 12243-080 - Tel/Fax: (12) 3922.6678

© 2014 Aconvap - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por: