> Notícias

BRT: Paço prevê investir 32% do valor total nos próximos 4 anos

Governo Felicio Ramuth (PSDB) prevê empregar no projeto de mobilidade urbana 32% dos R$ 840 milhões da obra. A informação consta no PPA (Plano Plurianual) 2018-2021

O desafio de tirar o BRT (Transporte Rápido por Ônibus) do papel deixou de ser prioridade para a Prefeitura de São José dos Campos. Nos próximos quatro anos, o governo Felicio Ramuth (PSDB) prevê investir no projeto de mobilidade urbana apenas 32,7% dos R$ 840 milhões da obra. A informação consta no PPA (Plano Plurianual) 2018- 2021, entregue pela atual administração à Câmara Municipal há duas semanas.

O Paço estima utilizar R$ 275,263 milhões para a construção do BRT na cidade. Desse montante, R$ 45,414 milhões seriam utilizados no próximo ano. Em 2019, haveria mais 143,709 milhões para o projeto. Já em 2020, a previsão é de 86,140 milhões. Para 2021, não há previsão de valores para o projeto.

O cronograma inicial indicava que as obras do modal seriam integralmente concluídas em quatro anos, com os primeiros trechos prontos depois de dois anos. O BRT tem financiamento de R$ 800 milhões pela Caixa. Outros R$ 40 milhões corresponderiam à contrapartida da Prefeitura de São José. O governo Felicio Ramuth atribui a redução na estimativa de verba à negociação no Ministério das Cidades.

FUTURO. A administração discute, desde o primeiro semestre, uma mudança nos rumos do projeto desenvolvido na gestão do ex-prefeito Carlinhos Almeida (PT). Somente após essa etapa será possível saber o destino da proposta. “Na verdade, nós estamos trabalhando com um orçamento mais realista. Definimos uma estimativa e vamos fazendo ajustes anualmente”, explicou o secretário de Mobilidade Urbana, Paulo Guimarães. “Queremos licitações em pequenos lotes”, completou Guimarães, em entrevista por telefone na semana passada. O projeto original, elaborado ainda na gestão do ex-prefeito Carlinhos Almeida, previa uma concorrência pública em dois grandes lotes.

O BRT é um sistema em que ônibus trafegam em canaletas segregadas do sistema viário, com estações fechadas que permitem a cobrança antes do embarque, para ampliar a velocidade operacional.

 

Fonte: Jornal O Vale / João Paulo Sardinha

Rua Padre Rodolfo nº 196 Vila Ema - SJCampos - SP CEP : 12243-080 - Tel/Fax: (12) 3922.6678

© 2014 Aconvap - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por: